A comédia ‘Perfeita é a Mãe’ estreia no Brasil e pretende causar reflexão sobre as responsabilidades da maternidade

Por Renata Oliveira – renata.oliveira@balzaqueando.com

Culpa, a busca pela perfeição e felicidades dos filhos e filhas é o dilema de toda mãe. Mas e se de uma hora para outra essa mãe decidisse ‘curtir a vida adoidada’ e fazer o que der na telha? Essa é a história do filme ‘Perfeita é a mãe’. O longa-metragem tem no elenco principal Mila Kunis, Krsten Bell e Christina Applegate.

Você que tem mais de 30 anos e é fã da sétima arte, conviveu bastante ou ao menos ouviu falar destas três belas e talentosas atrizes no universo das séries de televisão. Mila Kunis começou a carreira estrelando a épica That 70’s Show, que, por oito anos no ar, a colocou no mapa da fama. Bell fez a icônica Veronica Mars, que entrou para a história como série cult. Já Applegate, foi vista em muitas séries nos últimos anos, porém é sempre lembrada como Kelly Bundy, da épica série ‘Um Amor de Família.’

O filme “Perfeita é a Mãe’ é dos mesmos escritores e diretores da trilogia ‘Se Beber, Não Case’, Jon Lucas e Scott Moore. A comédia reúne ainda no elenco Kathryn Hahn (Quase Irmãos) e Jada Pinkett Smith (Gothan).

O longa tem trilha sonora de Christopher Lennertz , o mesmo da série Supernatural, Quero Matar Meu Chefe e Uma Ladra Sem Limites.

Lugar de Mulher é onde ela quiser
Com o slogan na versão brasileira “Lugar de mulher é onde ela quiser” , o filme aborda, com um certo exagero na comédia, um tema que esta na pauta da sociedade nos últimos anos: o empoderamento feminino, a liberdade e liberação feminino, o poder de escolhas e decisão das mulheres.

“Perfeita é a Mãe’ apresenta a história de três mães cansadas dos seus excessos de responsabilidades e busca pela perfeição imposta pela sociedade, se unem para mudar as suas rotinas. Uma delas é Amy Mitchell (Mila Kunis), uma mulher muito atarefada com trabalho, filhos e casa. A outra mãe é a solitária, tímida e recatada Kiki (Kristen Bell) e a terceira é a solteira e espalhafatosa Carla (Kathryn Hahn).

Você que é mãe, provavelmente vai se identificar com uma delas, quem sabe se inspirar. Pois na trama, as três mulheres com idade com perfis bem diferentes decidem embarcam em programas nada maternais, decretando guerra contra o papel de mães perfeitas.

Por conta dessas novas atitudes radicais e subversivas, que as crianças adoram, elas enfrentam a convencional líder da Associação de Pais e Mestres da escola de seus filhos, a Gwendolyn (Christina Applegate) e suas seguidoras mães “perfeitas” como Vicky (Annie Mumolo) e Stacy (Jada Pinkett Smith). Além da cobrança e do julgamento de uma sociedade machista como a ocidental.

Apesar de ter a intenção de divertir, o filme gera polêmica. Seu roteiro, nos faz lembrar da polêmica desabafo da jovem Juliana Reis nas redes sociais no início do ano, quando estava ‘bombando’ a campanha sobre o desafio da maternidade. O #desafiodamaternidade na rede fez a timeline do Facebook ser tomada por postagens de mulheres e crianças sorridentes e felizes. A brincadeira consistia em reunir imagens que mostrem o que deixa cada mãe orgulhosa. Com um bebê de 40 dias, a mãe de Vicente, moradora da Baixada Fluminense no Rio de Janeiro, Juliana Reis abriu o jogo na rede e postou sobre o que ela considera os verdadeiros desafios e dificuldades da maternidade. O excesso de cobranças e de responsabilidades e o cansaço extremo, comum do início dessa nova missão fizeram parte do desabafo de Juliana. A mãe de primeira viagem foi bombardeada com ofensas, xingamentos e sua conta foi temporariamente bloqueada pelo Facebook.

A história deu pano para manga e a polêmica em torno do papel da mulher e dos desafios e dificuldades da maternidade, parece não ter fim.

Além de questionar o papel materno, ‘Perefita é a mãe’ filme promete levantar uma reflexão, ainda que exagerada e caótica, com perfil adolescente, sobre o tema e suas consequências para as mães, pais e filhos.

Trailer:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *