Nova voz da saudade lusitana chega a São Paulo para cantar com a alma

Por Claudia Rolim – claudia.rolim@balzaqueando.com

Fadista Cathy Pimentel traz na bagagem sucessos de Amália Rodrigues e Luís de Camões

Em 1500 quando o português Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil ele não imaginava que em 2016 haveria um ritmo tão melódico e tão doce que atravessaria o Atlântico e nos encheria a alma e o coração. Assim é o fado. Atravessa fronteiras e nasce onde há amor e amor é o que não falta na vida da fadista Catsi, que nasceu Cathy Pimentel em Montreal, no Canadá, onde seus pais açorianos se estabeleceram há mais de 50 anos.

A intérprete de Fados de Coimbra, ao piano, conhecida pelos fãs portugueses e canadenses, Cathy Pimentel, chega ao Brasil para lançar o álbum, Fado Coimbra (2016). Catsi, como é conhecida, mostra que é uma fadista nata e uma empreendedora criativa, inovadora, arrojada. Ao longo da carreira ela vem estabelecendo estratégias, determinando metas, escolhendo seus projetos sem perder a docilidade da sua alma e da sua voz ao cantar as suas próprias canções ou da saudosa fadista Amália Rodrigues

“Cantei um fado pela primeira vez, em 2102, no restaurante Solmar, onde Amália cantou quando passou por Montreal. Logo depois, em 2013, lancei o primeiro álbum intitulado Horizonte com fados e músicas em cinco idiomas. Desde então venho escolhendo meus projetos, quebrando barreiras e dando andamento à minha carreira.”

Impetuosa, Cathy Pimentel quebrou tabus portugueses. O Fado de Coimbra é tradicionalmente cantado por homens e acompanhado por guitarras portuguesas. Catsi é pianista e inovadora.

“Ano passado fui escolhida para cantar Fado de Coimbra. A canção [poema de Camões] Amor é Fogo foi modificada por mim e foi um grande sucesso graças a Deus!” – comemora a fadista.

cathy 2

Em sua rápida passagem pelo Brasil, Cathy vai se dividir entre iniciar seus negócios, fazer shows e curtir a família, mas ela reservou uns momentos para falar para o Balzaqueando.

Cathy, com quantos anos você começou a cantar fado?

Como diz o lindo Fado d’Amalia… “Trago o fado nos sentidos, tristeza no coração…” Penso que o fado é um estado de ser, de viver e transmitir as emoções. Já canto a mais de 20 anos músicas que vão da ópera ao rock, mas, o fado só comecei quando senti que já tinha experiência da vida, do amor, da tristeza, de problemas e também quando já tinha quase 30 anos de idade.

O fado carrega em sua melodia e letras muita melancolia, muita saudade. Você é uma pessoa saudosista, emotiva?

Sou muito, tenho que dizer a verdade… As pessoas me vêem sempre alegre, com o sorriso cristalino de ouro,mas, a realidade é que muitas vezes estou emocionada por muita coisas da vida, do mundo e do meu redor,  eu sou extremamente sensível.

Você canta em cinco idiomas. Qual é o idioma mais difícil para cantar um fado?

Canto em cinco línguas, mas não só o fado. Fado já cantei em francês, inglês e português… Mas penso que a língua mais difícil seria o Inglês. É lindo, mas, não é tão melodioso, por causa das raízes da língua. Canto pra muita gente que não conhece o português e eles se emocionam, choram e ficam apaixonados pelo fado. Eles me dizem: ‘Não entendemos o que dizes, mas as lágrimas e a vibração emocional do cantar junto com as guitarras portuguesas mexem com a alma’.

Você é uma mulher empreendedora, que busca seu espaço musical abrindo novos caminhos e você aprendeu isso com seus pais. Já que estamos no mês dos pais, você quer deixar uma mensagem para eles?

Os Pais. São os nossos heróis, os nossos protetores. Eles nem sempre sabem demonstrar o seu amor, mas nós sabemos que eles tem um amor incondicional para com os filhos, e nós filhos, amamos muito nossos pais, mas nem sempre dizemos com palavras. Não precisamos do dias dos pais para mostrar o nosso amor… Mas precisamos de saber que todos os dias os nossos pais estão bem, porque eles são os nossos guias, nossas inspirações, eles são o pilar familiar, eles são nossa força. Um grande abraço a todos os Pais, muito amor e felicidade ao redor dos filhos.

SERVIÇO:
Shows de fado da cantora Cathy Pimentel em São Paulo
13 de Agosto, 11h – Restaurante Quinta do Olivardo, Estrada do Vinho, Km 04, S/N – Sorocamirim, em São Roque;
13 de Agosto, 20h – Casa de Portugal de Campinas, R. Ferreira Penteado, 1349 – Centro, Campinas
14 de Agosto, 20h – Teatro Guarany, Pça dos Andradas nº 100, Centro, Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *