Mudando o foco

Por: Patricia de Paula – patdepaula@balzaqueando.com.br

Fotógrafa coloca futuros papais em papel de protagonista nos ensaios fotográficos de gestantes

Naqueles ensaios fotográficos clássicos, em que tudo gira em torno do barrigão da gestante, é comum que os pais se sintam um tanto de lado. Pois a fotógrafa Gab Campello, de 38 anos, decidiu subverter esse quadro e colocar os homens no papel de protagonistas. Assim nasceu a nova linha de ensaios no estúdio de Gab: o de pais “gestantes”, aqueles que exibem com orgulho seus barrigões, sejam estilo tanquinho ou de chope mesmo. O que vale é entrar na brincadeira e festejar a paternidade.

“Desde que comecei a fotografar famílias e gestantes, sempre senti uma motivação muito grande por parte das mamães e uma resistência quase que proporcional por parte dos pais. Os homens tendem a não se sentir à vontade com aquela estranha que ele nunca viu na vida e fica horas na casa dele pedindo para olhar para a câmera, sorrir, abraçar a barriga da esposa… Quebrar esse gelo e conquistar o pai para as fotos sempre foi um trabalho mais demorado. Mas colocando-os na linha de frente e com um clima de descontração, ficou muito mais fácil”, conta Gab, que se inspirou num pai estrangeiro que começou a registrar suas fotos de “gestante” e postar na internet.

Rafael Menescal2
Rafael Menescal

A ideia não é que a mãe seja excluída do ensaio, que fique claro. Mas digamos que agora os pais também terão um ensaio para chamar de seu, com um jeitão mais divertido e relaxado, e uma abordagem mais masculina e confortável para eles. O papai Rafael Menescal, de 42 anos, entrou no clima e adorou o resultado.

“Quando minha mulher ficou grávida do Enzo, nosso primeiro filho, tudo aconteceu de forma muito surpreendente, e não sabíamos como lidar com a situação. Com isso, não conseguimos aproveitar tão intensamente os momentos antes do nascimento. Já na gravidez da Isabella, tudo foi mais descontraído e conseguimos curtir bastante cada momento. E nosso ensaio de fotos da gestante não poderia ser diferente. Adoramos fazer as fotos com a Gab, aproveitamos cada momento, e quando ela sugeriu fazer o ensaio do papai gestante, topei na hora, pois sempre quis fazer fotos mais descontraídas e fugir um pouco do protocolo de fotos de gestante. Foi uma experiência muito legal, pois ela fez com que tudo ficasse bem informal e natural. Foi ótimo fazer as fotos”, lembra ele.

Daniel Leite
Daniel Leite

E as mamães, pelo jeito, não se incomodaram em dividir os holofotes com os parceiros. Para Claudia Maria Alves dos Santos, de 38 anos, mulher de Daniel Leite e mãe de Eva (6) e da recém-nascida Iara, a experiência foi a melhor possível.

“Meu marido é fotógrafo, então minha primeira gravidez, da Eva, foi muito fotografada. Mas todas as fotos aparecem apenas eu e a barriga. Era como se ele estivesse sempre de espectador, do lado de fora assistindo a todo o processo. Quando engravidei da Iara eu soube do trabalho da Gab, de trazer os pais para os ensaios de gestante como protagonistas e gostei da brincadeira. Ele resistiu um pouco por estar acostumado a ficar por detrás das câmeras, mas depois que começou, gostou muito. Achei uma grande ideia e adoramos ter esse registro a quatro desse momento tão importante. E que é de toda a família”, diz Maria Clara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *