A Engenheira de Software que faz diferença para Tecnologia do Brasil

Por Fernanda Amorim – fernanda.amorim@balzaqueando.com

Em pleno século XXI, a participação das mulheres no Universo Tecnológico ainda enfrenta dificuldades para aceitação, porém algumas empresas e instituições nacionais e internacionais estão confiantes e acreditam que pode mudar e começaram a oferecer patrocínio.

A participação feminina é de grande importância e faz diferença para o mercado de TI (Tecnologia da Informação), porque oferece oportunidades para mudar a visão e contribuindo com a igualdade de gênero no campo da Ciência e Tecnologia. Um exemplo de mulher que faz essa diferença e buscam seu lugar ao sol é a Engenheira de Software, Camila Fernandes Achutti.

A jovem que sonha em usar a tecnologia para transformar a vida das mulheres. Trabalha como CTO (diretora de tecnologia) e é fundadora de duas empresas, a Ponte21 e o Mastertech. A primeira empresa é uma agência de inovação que usa tecnologia tanto para transformar a cultura de organizações quanto para implementar otimizações complexas. OMastertech é plataforma de educação com habilidades do século XXI, que é localizado no CUBO Coworking, promovendo a conexão das ideias com as pessoas para transformar em negócios, aproximando empreendedores, investidores, universidades, corporações e startups (jovens e buscam a inovação em qualquer área).

Criadora do blog Mulheres na Computação que é a maior referência no assunto na América Latina, tornando-se uma referência na luta contra a diversidade, recebendo prêmios nacionais e internacionais em reconhecimento a suas iniciativas.

Formada em Ciência da Computação pelo IME – USP (Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo) e mestranda da mesma universidade e foi convidada a fazer um estágio no Google na Califórnia, sediada no Vale do Silício, porém logo decidiu voltar para o Brasil para empreender e mostrar o poder que a tecnologia de mudar à vida das mulheres.

Em 2013 o Technovation Challenge chegou na vida da Camila Achutti tornando-a  Embaixadora do Technovation Challenge Brasil e aproximando-a das meninas  para dar uma oportunidade de ensinar e a identificar os problemas para tentar solucioná-los, e provar que é possível trabalhar com informática; uma área que não é só masculina.

Com o trabalho reconhecido nacionalmente e internacionalmente faz a Embaixadora Camila Achutti ganhar o Prêmio Women of Vision 2015 na categoria Student, sendo um feito inédito para uma mulher da América Latina, como conta emocionada para o portal:
– “Foi incrível! Um reconhecimento! Me senti ganhando ainda mais vida para continuar lutando…”

Camila Achutti deixou uma dica para as leitoras do portal que gostariam de mudar suas vidas e empreender no mercado de Tecnologia da Informação:
– “Comecem a estudar, independente de vocês queiram ou não programar, saber como se constrói o produto digital é muito importante. E tenham muita resiliência para se tornarem empreendedoras de sucesso”.

Como tudo começou
Seu primeiro dia de aula na faculdade de Ciência da Computação na USP (Universidade de São Paulo), Achutti percebeu na pele o que era ser a única mulher ingressar num curso de TI e quase desistiu, mas com apoio de sua mãe e o incentivo ao encontrar uma foto da primeira turma do curso, na qual 70% eram mulheres seguiu em frente e acreditou em si.

O interesse por tecnologia começou desde pequena como conta para portal:
– “Meu pai. Cresci o ouvindo ditar código em COBOL pelo telefone, o que na época era uma língua alienígena que resolvia problemas e só algumas pessoas especiais falava e eu obviamente não queria ficar fora dessa.” A importância do assunto estimulou e fez crescer o interesse em fazer parte desse universo.

Referências
Uma das principais referências e empreendedorismo feminino que conheceu através dos seus estudos foram Ada Lovelace, Grace Hopper, Heddy Lammar, Stephanie Steve e tantas outras.

Blog Mulheres na Computação
No dia a dia percebeu como era os esforços de estudantes que sofrem uma desigualdade na área de TI por causa do machismo velado, começou a escrever um blog de maneira simples na tentativa de ajudar estudantes há compreenderem um pouco mais sobre o curso de computação.

O Blog ganhou grande visibilidade chamando atenção do Google, que fez um convite para Camila Achutti para fazer um estágio no Computer Science Academy, e tornou-se referência para as estudantes, trazendo para o Brasil o Technovation, um programa que desafia meninas para viver num mudo melhor.

Technovation Challenge Brasil
Em 2013 chega ao Brasil o programa Technovation que desafia meninas de Ensino Fundamental, Médio e Universitário a criar, desenvolver um aplicativo que as ajude e ensine a lidar com seus problemas de moradia e obterem uma oportunidade de mudar suas vidas. E quando Engenheira de Software Camila Achutti torna-se Embaixadora do Technovation Challenge Brasil se dedicando a estimular a participação de mulheres na área tecnológica e provar que é possível trabalhar nessa área que não é só de homens.

Prêmio Women of Vision 2015
Trabalho reconhecido mundialmente faz Camila Achutti ganhar o prêmio Women of Vision 2015 sendo um feito inédito para uma mulher da América Latina.

 

Foto: Arquivo Pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *