Balzaquear e estudar: a realização de um sonho de adolescência!

Por Carol Menesescarol.meneses@balzaqueando.com 

A música do Frejat, Amor Pra Recomeçar combina perfeitamente com a busca de um sonho através de uma reinvenção, um recomeço, e tudo isso para conquistar um sonho, que muitas vezes já existia desde a infância ou adolescência. Esse foi o caso da balzaquiana, Shirley Meneses Gurjão, 35 anos, que está realizando a sua segunda faculdade, e dessa vez, cursando Educação Física, curso pretendido desde que era adolescente.

shirley famíliaEla comenta que, em Belém do Pará, existia apenas o curso de Licenciatura em Educação Física, enquanto que o de Bacharelado era inexistente no estado. E agora que surgiu o curso desejado, Shirley, que sempre gostou do ambiente de academia para trabalhar, não se preocupou com a questão da idade, se inscreveu e promete aproveitar, com muito foco, a chance de correr, seja na esteira ou no transport, para transformar o seu sonho em realidade.
Para a paraense, que é formada em Administração, a maior dificuldade de conciliar a intensidade das aulas e estudos com a atenção especial dada aos filhos pequenos, principalmente quando um deles está doente, e que se não fosse pelo apoio do marido que sempre a motiva a prosseguir. Já o lado bom, com certeza é a maturidade que a bela possui, sem tempo a perder, apenas focar no objetivo com seriedade e responsabilidade. Sem contar o fato de que essa profissão sempre foi a profissão dos sonhos de Shirley, e por isso as aulas precisam ser absorvidas com muita qualidade!

Ela deixa ainda um recado para as balzaquianas, que assim como ela pretendem fazer outra faculdade ou ingressar pela 1ª vez: O recado que deixo para quem está preocupada com a idade para fazer faculdade é que delete isso da sua mente. Saiba que você não será a única e mesmo se for não importa. Corra atrás do seu sonho. Estudar nunca será tarde. “Escolhe um trabalho de que goste, e não terás que trabalhar nenhum dia na tua vida” (Confúcio). Não existe nada mais gratificante do que fazer aquilo que gosta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *