Feria de Abril de Campinas traz bailaoras consagradas do Paraná e São Paulo para workshops e apresentações

Centro de Arte Flamenca e Soniquete Arte Flamenca unem-se na realização da festa que ocorre nos dias 1º e 2 de abril

O Centro de Arte Flamenca (CAF) e o Soniquete Arte Flamenca promovem juntos em Campinas a tradicional Feria de Abril, evento centenário na Espanha comemorado também no Brasil pelos descendentes e amantes da cultura espanhola no País. A celebração ocorre em diferentes locais por todo o final de semana de 1º e 2 de abril de 2017.

Há 20 anos o então recém-fundado Centro de Arte Flamenca (CAF) estreava a sua primeira Feria de Abril como forma de divulgar a arte espanhola na cidade. Duas décadas se passaram, o CAF cresceu, deu frutos e nesta edição desenvolve a festa em parceria com o Estúdio Soniquete Arte Flamenca, escola criada há nove anos pela ex-aluna Mariana Abreu, a qual está na 9ª edição do evento.

A Feria de Abril 2017 traz para a cidade as bailaoras Miriam Galeano “Perlita”, de Curitiba-PR, e Milene Muñóz, de São Paulo-SP, que ministram o autêntico flamenco em workshops de dança por todo o final de semana. As organizadoras do evento, Lu Garcia, diretora do CAF, e Mariana Abreu, diretora do Soniquete, têm a expectativa de atrair dezenas de amantes da arte e a comunidade espanhola de Campinas e região, que participarão das aulas e também das apresentações gratuitas na Praça do Coco, em Barão Geraldo.

Miri e Milene apresentam currículos que carregam vasta experiência no ensino do ritmo, com diversas incursões na Espanha. As professoras darão curso para bailaores intermediários e avançados na modalidade. “Iniciantes também têm a sua vez por meio da aula aberta que Lu Garcia dará no domingo”, conta Mariana.

Domingo é dia também dos alunos das duas escolas se apresentarem, bem como o Grupo Amador Soniquete, Grupo Soniquete, Carlinhos Rowlands, Sara Lima, Adelita Parra, Cristina Marzagão as convidadas Milene e Miriam, além das produtoras Lu Garcia e Mariana Abreu, todos acompanhados por Helena de Los Andes no cante e por Micael Pancrácio na guitarra. O clima flamenco é garantido pela exposição/venda de produtos como roupas, acessórios, decoração, sapatos, castanholas etc, das marcas Aire Flamenco y Pasión, Bast, Flamenquite e Feitoria.

“A Feria de Abril produzida pelo CAF e Soniquete juntos é muito significativa para mim. Mariana foi minha aluna ainda adolescente e desde 2009 tem sua própria escola de flamenco. É muito gratificante ver a maturidade que ela atingiu e o avanço que o pioneirismo do CAF alcançou”, observa Lu Garcia.

Mariana Abreu vertical ATradição do evento

A Feria de Abril, conhecida também por Feria e Sevilha, nasceu em 1846, em Sevilha, na Espanha, e era para ser uma feira anual de três dias para compra e venda de gado.

A edição do ano seguinte, 1847, ocorreu em 18 de abril e registrou um público de 25 mil visitantes.

No decorrer dos anos, a feira se converteu em uma das festas mais relevantes da cidade e mudou seu caráter mercantil para o de uma festa social.

Hoje ela ocupa um espaço de 1.2 milhão de m2 e conta com parque de diversões, 15 “ruas” com nomes de toureiros importantes onde se distribuem as atrações e gastronomia, além de passeios a cavalo e um espetáculo de fogos de artifícios à beira do Rio Guadalquivir.

Sobre bailaoras convidadas

Míriam Galeano “Perlita”
Iniciou aos 5 anos de idade em dança clássica paraguaia e espanhola em Assunção, Paraguai. Estudou flamenco com Farruquito, El Torombo e Antonio Canales, entre outros; ganhadora de prêmios em concursos de dança na Argentina e no Paraguai, Míriam ministrou cursos e apresentou-se em países como Brasil, México, Japão e Espanha. Trabalhou no Tablao Flamenco Las Carboneras, um dos mais importantes de Madri. Durante dez anos foi diretora artística do Instituto Brasileiro de Arte e Cultura de Curitiba; atualmente promove wokshops internacionais e dirige o Grupo Perla Flamenca Arte em Movimento.

Milene Muñóz
É flamenca desde 1992, quando aprendeu a arte com os professores Yara Castro, Laurita Castro, Pede de Córdoba e Fernando de la Rua no Centro Flamenco Pepe de Córdoba. Em 2001 estudou na Espanha nas escolas Amor de Dios (Madri) e Alicia Marquez (Sevilha). Trabalhou em países como Japão, Turquia e Espanha e voltou para o Brasil depois de oito anos vivendo no Exterior. Foi professora do Estúdio Flamenco Ale Kadaf e galpão da dança Toninho, entre outros; participou como coreógrafa e diretora de movimento de tablaos e eventos, a exemplo de Ópera Carmen. Como projeto mais recente está o “Coletivo de Artes”, no qual mescla teatro, pintura, flamenco, cinema e música.

Programação
FERIA DE ABRIL CAMPINAS 2017 – FLAMENCO E ARTE

Aulas de Bata de Cola
O intermediário é para quem já tem contato com a Bata e o Avançado para quem já dançou com o elemento. Em ambos os níveis é necessário levar a bata (haverá peças para locação).

Aula aberta de Sevillanas – domingo – Lu Garcia – Soniquete Arte Flamenca
Uma aula para iniciantes que queiram aprender este baile e se divertir durante a Feria de Abril.

Curso Intermediário – sábado e domingo – Centro de Arte Flamenca e Soniquete Arte Flamenca
Para quem cursa este nível em sua escola regular de flamenco. A carga horária total é de 6 horas de aulas, entre sábado e domingo, sendo metade com Miriam Galeano “Perlita” e a outra com Milene Muñóz.

Curso Avançado– sábado e domingo – Centro de Arte Flamenca e Soniquete Arte Flamenca
Para quem cursa este nível em sua escola regular de flamenco. A carga horária total é de 6 horas de aulas, entre sábado e domingo, sendo metade com Miriam Galeano “Perlita” e a outra com Milene Muñóz.
Preços dos cursos: variam de R$ 70,00 a R$ 370,00. Quem fizer mais de um curso tem descontos progressivos.

Apresentações – domingo, das 15h às 18h – Praça do Coco
Ao ar livre, na Praça do Coco (com chuva serão realocadas para o Estúdio Soniquete), em Barão Geraldo. Se apresentam alunos, Grupo Amador Soniquete, Grupo Soniquete, Grupo do CAF, Lu Garcia, Mariana Abreu, Adelita Parra, Cristina Marzagão, Carlinhos Rowlands, Sara Lima, Milene Muñóz e Miriam Galeano “Perlita”, acompanhados por Helena de Los Andes no cante e Micael Pancrácio na guitarra.

Entrada franca.

Serviço:
Centro de Arte Flamenca
Rua Barão de Paranapanema 401- Bosque, Campinas – SP
Estúdio Soniquete Arte Flamenca
Rua. Manoel Antunes Novo, 574 Barão Geraldo, Campinas – SP
Informações:flamencocampinas@gmail.com; https://www.facebook.com/feriadeabrilcampinas/professorasconvidadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *