Mulher Brilhante celebra Dia Global do Empreendedorismo Feminino

O maior e mais importante evento de empreendedorismo feminino do Brasil não poderia ter acontecido em época melhor: na véspera do Dia Global do Empreendedorismo Feminino, data instituída em 2014 pela ONU e celebrada em 19 de novembro em mais de 200 países.

A edição São Paulo do Mulher Brilhante, organizado pela empreendedora e empresária braziliense Kênia Gama, da S&T Realizações, foi realizado no Auditório Elis Regina, no Anhembi, dias 17 e 18, e reuniu 1.280 mil inscritos de todo o Brasil, além de representantes de grupos de destaque no empreendedorismo feminino nacional, como o Empreender Mulher e o Mulheres que Decidem.

Voltado a profissionais liberais, empresárias, líderes corporativas e interessadas em geral, o evento ofereceu técnicas e ferramentas multidisciplinares a quem busca alcançar a independência emocional e financeira. “O empreendedorismo feminino, hoje, é responsável pelo sustento de 90% dos assalariados mínimos. A importância do evento Mulher Brilhante é muito mais do que empoderar mulheres, mas proporcionar um espaço na sociedade e dizer o papel social que essa mulher possui. Tudo o que as pessoas precisam é entrar em ação”, revela Kênia Gama.

E foi a partir desse propósito que o Mulher Brilhante revelou histórias inspiradoras de empreendedoras que, mesmo diante de dificuldades, construíram negócios sólidos e carreiras de sucesso. É o caso da carioca Carol Marcan, hoje uma bem-sucedida empresária do segmento de capacitação de equipes de festas e eventos infantis.

No início dos anos 2000, grávida e desempregada, ela recebeu uma pequena quantia de dinheiro de uma amiga para adquirir o enxoval do filho. Em vez disso, usou o recurso para comprar chocolate e material para fazer doces: resolveu fabricar coelhos de chocolate e foi vendê-los nos semáforos. Em 34 dias, vendeu mais de 3 mil. “Participar do Mulher Brilhante é como se fosse a coroação dessa história”, comenta ela, que viajou do Rio de Janeiro para São Paulo na companhia de outras quatro pessoas apenas para participar do evento.

Dos coelhos de chocolate à empresa de capacitação de pessoal para festas e eventos infantis, Carol Marcan acumula 18 anos de experiência e carrega no currículo mais de 5 mil festas, consultorias em todo o Brasil e um prêmio do Sebrae, recebido em 2010, de Empreendedorismo e Inovação. “Enxergo no empreendedorismo a forma de sairmos dessa situação delicada que estamos vivendo”, conclui.

Satisfeita com o resultado do evento, a idealizadora Kênia Gama aponta histórias como a da empreendedora carioca como o principal legado do Mulher Brilhante. “Cumprimos a missão de fomentar o empreendedorismo feminino e trazer a independência emocional e financeira a partir de um mix relevante de conhecimento, técnicas e, acima de tudo, muita inspiração”, comenta.

PALESTRAS
Braço do programa online Mulher Brilhante, o Mulher Brilhante edição SP contou com palestras e workshops dos mais renomados especialistas do Brasil. Entre eles, a influenciadora do mercado de beleza e bem-estar Cristiana Arcangeli, investidora do reality show Shark Tank Brasil; o especialista em Marketing Digital e escritor best-seller Conrado Adolpho, autor de “Os 8Ps do Marketing Digital”; o Pablo Paucar, uma das maiores autoridades em marketing multinível do mundo, autor do livro “Mentalidade”; a influenciadora digital da área de finanças Nathalia Arcuri, do blog “Me Poupe”, cujo canal no YouTube soma mais de 1 milhão de inscritos, e a maquiadora profissional e blogueira Alice Salazar.

A primeira edição do evento aconteceu em maio passado, em Brasília (DF). A próxima está prevista para abril de 2018, em Fortaleza (CE).

ASPAS DOS PALESTRANTES
“É o momento das mulheres empreenderem. Mas, para isso, precisam ter conhecimento, trocar informação e construir muito alicerce, para que possam criar empresas que se perpetuem” (CRISTIANA ARCANGELI, empresária)

“Você pode fazer o que quiser. Pode ser a melhor mulher do seu mundo. Para isso, não deixe ninguém te definir. Só você pode dizer quem você realmente é” (CONRADO ADOLPHO, mentor em Marketing Digital, escritor e palestrante)

“Para alcançar o sucesso, é preciso uma mudança de modelo mental. Você não pode ter medo; tem que correr riscos para empreender. Para ter sucesso, é preciso ter coragem” (PABLO PAUCAR, especialista em Marketing Multinível, escritor e palestrante)

“Um evento que reúne mulheres é ótimo para o setor de empreendedorismo, pois todas se sentem mais à vontade para fazer perguntas e colocarem em prática o que aprenderam. São investimentos como esses, fazendo cursos, se preparando, é que vão fazer você chegar mais longe” (NATHALIA ARCURI, influenciadora digital de Finanças e palestrante)

“As mulheres são muito importantes no mercado de empreendedorismo e devemos sempre evidenciar isso. O evento tem esse papel, de destacar que as mulheres são poderosas e podem chegar onde quiserem” (ALICE SALAZAR, blogueira, maquiadora e palestrante)

O EMPREENDEDORISMO FEMININO
Dados de mercado dão conta que as mulheres estão presentes na administração de 51% das empresas brasileiras, além de fazerem parte do quadro societário de 20% das corporações.

Nos últimos 14 anos, o número de empresárias subiu 34%, e hoje é de quase 8 milhões. Além disso, 43% dos cargos de direção e gerência em micro e pequenas empresas são ocupados por profissionais do sexo feminino.

Fonte: Dino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *