Quando empreender nos negócios se torna empreender na vida

A escritora e empreendedora Paula Quintão mostra que o autoconhecimento e o desenvolvimento pessoal estão alinhados ao empreendedorismo

Há alguns anos, o movimento de empreender tem ampliado a sua visão. Essa nova forma de empreendedorismo está além da própria execução de modelos empresariais prontos. Hoje, muitos empreendedores têm colocado mais vida em seus negócios e isso, obviamente, inclui a sua própria vida.

Essa nova visão do ato de empreender, que mistura vida e negócios, é extensão da corrente muito difundida na internet do “fazer o que ama e amar o que faz”. Simples no conceito, mas profundo na prática, o empreendedorismo começa a envolver e ser guiado por propósito, autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

De acordo com Paula Quintão, escritora e empreendedora dos seus negócios e da sua vida, criadora do site Escola de Rumos, do Portal Coragem para Empreender e da editora Suban A Los Techos, há uma corrente no empreendedorismo que enxerga o negócio como extensão do seu propósito de vida. Para ela, com isso, o ato de empreender tornou-se mais profundo, envolvendo muito autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

“Não há como desvincular empreendedorismo de autoconhecimento. Empreender precisa ser um ato consciente e verdadeiro. E só consegue-se isso sabendo quem se é, o que se quer com seu negócio, onde quer chegar e a quem quer servir”, afirmou a escritora e empreendedora.

Paula Quintão escreve regularmente, em seu site, sua fanpage no Facebook (facebook.com/porpaulaquintao) e Instagram (@porpaulaquintao), sobre a felicidade na carreira, autoconhecimento, novos olhares sobre a vida e sobre empreender e ferramentas para ir além nos negócios. Ela também faz parte daquele grupo de pessoas insatisfeitas com seu trabalho que pediu demissão para criar o emprego dos seus sonhos.

“Eu amava as sextas-feiras e detestava as noites de domingo. Era um ciclo sem fim de dias de satisfação e insatisfação, e a conta não estava positiva para o meu lado. Afinal, eram quatro dias totalmente sem vontade de ir para o meu trabalho, outros dois dias de alegria e um dia metade feliz, metade triste. Saldo negativo”, afirmou.

A partir daí, Paula passou a empreender e descobriu que o emprego dos seus sonhos também lhe permitia ser empreendedora da própria vida. Uma coisa não podia ser dissociada da outra. “Empreender nos negócios é tratado como algo extra, fora da nossa vida. Mas como isso pode acontecer se tudo o que vivemos é a nossa vida? Por isso, não é possível deixar de abordar o desenvolvimento pessoal e o autoconhecimento quando o assunto é empreender”, ressaltou.

Entre os temas tratados por Paula em seus textos sobre vida e negócios estão a procrastinação, marketing digital sem gatilhos mentais, propósito, sonhos e vivências cotidianas que geram reflexão, sempre fazendo a conexão com propósito de vida, desenvolvimento pessoal e empreendedorismo. Sobre procrastinação, ela escreveu um ponto de vista que foge ao comum:

“Hoje, há por aí um tanto de cursos para deixarmos a procrastinação de lado e nos livrarmos dela de uma vez por todas. Acontece que essa procrastinação, ou essa preguiça, ou essa falta de vontade de fazer aquilo que você sabe ser essencial para você, está tentando te contar uma história. Os sentimentos, todos eles, estão a nos contar alguma história. Ou pelo menos tentando. Se vamos ouvir ou não, aí é o outro lado da moeda. Se nos dermos a oportunidade de ouvir do que se trata, temos aí uma linda e poderosa ferramenta de autoconhecimento e transformação à nossa disposição”, disse.

Paula mantém uma plataforma de cursos online e itinerantes, a Escola de Rumos, com o objetivo de oferecer cursos nas mais diversas áreas da vida para fortalecer a caminhada rumo à realização de sonhos. “Eu acredito que criar rumos é ter as condições e a liberdade para escolher nossos próprios caminhos e, mais do que isso, sermos capazes de cria-los”, ressaltou.

Guinada na vida
Em março, a Escola de Rumos abrirá inscrições para o curso online Minha Guinada – Outono. O curso é desenvolvido durante sete semanas, com um encontro ao vivo por semana, além de textos, meditações e vídeos. São abordados temas, como: corpo, finanças, emoções, relacionamentos, profissional, intuição e espiritual.

O Minha Guinada – Outono é voltado a pessoas que estão ou querem iniciar uma fase de transformação pessoal e profissional. O curso acontece no período outonal, quando o clima no hemisfério sul muda do verão para chegar ao inverno. O período, naturalmente, é de transformação.

Mais sobre Paula Quintão
Paula Quintão é escritora e empreendedora de seus negócios e de sua vida. Criadora da Escola de Rumos, da Editora Suban A Los Techos e do Portal Coragem para Empreender. Mestre em Ciência da Informação. Doutora em Sustentabilidade. Autora de Para Sempre Um Novo EU (2012), mais de cinco livros digitais, e Caminho Que As Estrelas Me Viram Cruzar (lançamento previsto para 2017).
http://paulaquintao.com.br
http://escoladerumos.com.br/
http://coragemparaempreender.com.br/
http://subanalostechos.com.br/
Facebook: /porpaulaquintao
Instagram: @porpaulaquintao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *