Giovana Moraes, roteirista da Rede Globo, comanda Pós-Graduação

Roteirista da Rede Globo há 13 anos, Giovana Moraes tem amado se aventurar na nova empreitada: ela coordena junto com Pedro Salomão o curso de Pós-Graduação em TV, Cinema e Multiplataformas da Universidade Veiga de Almeida.

“É nossa menina dos olhos, minha e do Pedro. Queremos um curso e excelência, e estamos conseguindo. Quem mandou o mundo juntar dois aguerridos?”, brinca.

Aos 40 anos, a paulista coleciona sucessos na Rede Globo como em “Caminho das Índias”, quando ganhou um Emmy, além de trabalhos como “Amazônia”, “A Vida da Gente” e webséries derivadas de Malhação, onde dividiu o roteiro com Felipe Lisboa: “Os desatinados” e o docudrama “Eu só quero amar”.

O gosto pela escrita começou muito cedo. Desde os tempos em que trabalhava como auxiliar de escritório e depois como operadora de telemarketing (sim, ela foi operadora de telemarketing!) e pegava o ônibus para ir trabalhar conta que imaginava que as janelas eram uma tela de cinema. E gostava de ficar olhando as pessoas pela “tela”.

Giovana começou a escrever muito cedo. Diz que se pedirem para ela fazer uma conta de dois mais dois, a resposta será narrada com algum enredo. Credita esse fascínio pela narrativa e pelas histórias das pessoas pelo fato de amar gente.

Apesar disso, não imaginava que se tornaria uma roteirista. Um dia, a Edna Palatnik, uma sumidade, disse que a Glória Perez precisava de uma pesquisadora. Foi lá, fez o teste e passou. A autora foi sua grande mestra. Giovana aprendeu tudo com ela. “Sou completamente apaixonada por ela e me considero da família”, diz.

Giovana vê que o mercado audiovisual está aquecido. “Quero formar bons profissionais e para isso vamos fazer um pitching ao final do curso, onde os alunos poderão mostrar seus projetos para produtoras e canais”, avalia.

Sobre o papel da mulher moderna no mercado de trabalho, acredita que ela nunca esteve numa posição igualitária: “existe machismo. Ponto. Em qualquer lugar. No bar, na fábrica, em casa, na esquina. Na Globo. Mas as mulheres estão mostrando muita garra e talento. Me orgulho de mulheres como a Glória. Sou fã de babar. Ela, como muitas, rompe o cerco do machismo sem gritos. Os nossos urros são por dentro”.

Ao ser perguntada sobre os principais filmes da sua vida, preferiu sintetizar todos em um: “Noites de Cabíria”. Ou faria uma loooonga lista”, brinca ela.

Entre os hobbies, ela gosta de ler, estudar e beijar na boca. Além disso, ama estar com sua família, amigos e bater muito papo furado que, segundo ela, “sempre rendem boas histórias”.

Seus projetos para o futuro são escrever. Além, de um livro no prelo com intervenções musicais do JJ Aquino, que também será responsável pela trilha sonora, um seriado com Filipe Lisboa, uma animação infantil com Amanda Brandá e Alexandre Aquibo, uma novela com José Victor Rack, um espetáculo teatral…”Vivo de sonhos a construir”.

Apaixonada pelo namorado e pelos sobrinhos Julia, Isabela e Benjamin. Giovana não pensa em maternidade. Considera o mundo um lugar hostil para se criar filhos. Mas confessa que nasceu para ser tia. E acredita que amanhã vai ser sempre melhor: “O amanhã é uma descoberta solene”.

Giovana Moraes e Pedro Salomão convocam roteiristas do mercado para nova turma de Pós-Graduação em Roteiro para TV, Cinema e Multiplataformas. O curso será no campus Tijuca e várias turmas serão abertas. Informações: roteiro@uva.br

Na lista de professores, nomes como: Cláudio Felício, Diana Iliescu, Paulo Andrade, Renata Fernandes, Bebeto Abrantes, Melanie Dimantas e Renata Feital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *