Preparando para o mundo nas salas de aula

A paixão pela pedagogia iniciada na adolescência de Beatriz Berto

Aos 42 anos recém completados e mãe de uma filha que vive o fascinante mundo da comunicação pelos idiomas, Beatriz Berto conta que desde criança sentia-se atraída pelos idiomas. E nas férias escolares costumava ir para o curso encontrar sua mãe, hoje, conselheira. Nesse momento, Beatriz dava seus primeiros passos trabalhando e ajudando sua mãe, Elza Gouvêa. Na adolescência tinha o hábito de interagir com o público do curso ficando na secretaria. No departamento, Beatriz realizava fotocópias, participava como ouvinte nas reuniões pedagógicas e gerenciais. O universo e a interação com os clientes afim de servi-los da melhor maneira possível sempre a fascinou.

Formou-se em Economia em 1997 na universidade Cândido Mendes. No último ano da faculdade fez um estágio numa grande empresa para ver uma outra realidade. Esta oportunidade serviu para ter a certeza que o curso Ann Arbor era o local para seguir minha carreira. Então, em 1997 retornou ao empreendimento e começou o curso de formação de professor. Três anos depois fez uma MBA em Gerenciamento na Pontifícia Universidade Católica e passou a lecionar.

A sala de aula passou a ser seu horizonte, e para pavimentar sua estrada, fez um curso de pós-graduação em Língua Inglesa focada no ambiente de sala de aula e perpetuando seu conhecimento na formação de novos professores. Em 2005, Beatriz conclui outra especialização, desta vez, voltado para a Educação Infantil. Em 2008 realizou o Mestrado em Teaching English as a Foreign Language pela Universidade of Reading e teve o privilégio de estudar na Inglaterra.

Apesar de ter duas formações a sala de aula sempre foi seu mundo. Em 2005, Beatriz Berto passou a atuar tanto nas áreas pedagógica e administrativa. Lecionando e fazendo a gestão do curso de idiomas Ann Arbor, Beatriz Berto ampliou o negócio ao inaugurar a filial Jardim Botânico em dezembro de 2014.

O curso de idiomas Ann Arbor possui parcerias com escolas em países como Austrália, Inglaterra, Estados Unidos, Canadá e Espanha. Os idiomas ministrados são inglês, espanhol, italiano, alemão e francês. Há turmas para alunos estrangeiros que querem aprender português. Há sete modalidades divididas em Advanced Studies, Aulas Particulares, Ann Arbor Corporation, Cursos no exterior mediante às parcerias, Exames Internacionais, Get Ready, Literatura em Língua Inglesa e História da Arte que completa 20 anos de parceria com o professor Hélio Márcio Dias Ferreira.

Atividades extras
Potencializar o ensino dos idiomas através de atividades extra-curriculares nas quais os familiares dos alunos integram o ambiente junto aos filhos é estimulante para a relação empresarial e familiar. Há um calendário fixo anual para as atividades Cooking Class, Talent Show, Halloween, Book Fair, Family Party, El Día de La Hispanidad, Valetine´s Day, Happy Hours, Spelling Bee, Photo Contest, Produção de videos, Workshops for children e palestras sobre História da Arte.

Empreendedorismo e parcerias
Em 2016, Beatriz Berto iniciou uma parceria com a empresa Madcode e este ano com a Bricks 4 Kidz. A primeira empresa atua no empreendedorismo voltado para a criação de games, aplicativos e outras ferramentas digitais. Já a Bricks 4 Kidz traz o lúdico através de uma nova roupagem dos blocos Lego criado pela divisão “Education” da marca dinamarquesa. O objetivo é a criação de uma aprendizagem divertida baseada em conceitos de Ciência, Tecnologia, Engenharia e matemática (STEM, na sigla em inglês), Arquitetura, Física e Robótica. O ganho cognitivo é mensurado pela matriz americana da empresa mostrando que o aprendizado melhora em até 30% com a metodologia.

Outra parceria do curso de idiomas Ann Arbor está voltada para funcionários dos mais diversos cargos e funções da Rede Globo. Estes funcionários podem incluir seus filhos e/ou parentes no universo Ann Arbor tendo 20% de desconto nas mensalidades.

O surgimento do Ann Arbor
Um dos mais tradicionais cursos de idiomas da cidade do Rio de Janeiro, e pioneiro em tornar crianças fluentes antes mesmo de completar dez anos de idade, o curso de idiomas Ann Arbor surgiu em 1979 idiomas Ann Arbor surgiu em 1979 de um sonho de Fernando Berto e Elza Gouvea de abrir um curso de idiomas. Para realizar esse sonho, eles se juntaram ao Neiton Machado de Oliveira, um estudioso que realizou o doutorado em Linguística na Universidade de Michigan localizada na cidade de Ann Arbor. A cidade que inspirou o nome do curso emergiu como a capital da educação do Midwest americano.

O famoso museu vivo Nichols Arboretum, localizado no campus da referida universidade, perpetua o espirito empreendedor da fundação da cidade. O nome da cidade, que é homônima do curso, é originado dos arvoredos e sua floresta de carvalhos. Neílton faleceu em 1991, e à época, o curso Ann Arbor comprou a parte dele e da família passando a ter como sócios, eu, minha mãe e minha irmã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *