Cheguei aos 30! Como Emagrecer com Estilo e Saúde?

Por: Carol Menesescarol.meneses@balzaqueando.com 

Quando uma mulher se torna balzaquiana, ou seja, chega aos 30, sua vida muda totalmente, tanto fisicamente como psicologicamente. Uma dessas mudanças afeta muito a parte física da mulher. Essa mudança é referente à diminuição das taxas metabólicas, ou seja, o organismo gasta menos energias para executar funções essenciais e isso ligado à alta ingestão de calorias ou perda de massa magra devido à falta de atividades física, detona com qualquer corpo. Por isso, um simples brigadeiro se transforma em uma bomba calórica.

E para descobrir como “balzaquear” com estilo e saúde, conversamos com a Drª Flávia Cunha, 33 anos, endocrinologista, que também sentiu na pele as mudanças ao chegar aos 30. Para ela, a maior dificuldade foi conciliar o excesso de trabalho com os afazeres de casa, além dos momentos com a família.

Flávia comenta que a principal queixa apresentada por pacientes dessa faixa etária, que representam aproximadamente 50% de suas clientes, é exatamente a dificuldade para emagrecer, e comenta que, muitas vezes, o fato da mulher atingir seu auge profissional entre os 30 e 40 anos e ter muito envolvimento com a profissão, responsabilidades, acompanhados de ansiedade e preocupações, acaba criando um ambiente apropriado para o sedentarismo e hábitos alimentares ruins, e isso aliado aos alimentos que induzem sensação de prazer ao cérebro, como massas, pães, doces em geral, acabam se tornando os maiores inimigos da dieta para elas. Principalmente pelo fato desses alimentos liberarem no corpo grande quantidade de insulina, um hormônio anabólico que estimula o acúmulo de gordura.

No ponto de vista da médica, as maiores dificuldades que já teve com algumas pacientes, em relação ao emagrecimento, ocorreram quando elas não aceitaram o tratamento apresentado e/ou criaram dificuldades para adotar as orientações médicas, e recomenda que para esses casos, psicoterapias adjuvantes ao tratamento médico são ideais.

Flávia Cunha deixou ainda algumas dicas para as balzaquianas que pretendem emagrecer:
A dica é buscar o equilíbrio entre trabalho e saúde, é entender que se a mente não está bem, o corpo não reage adequadamente, e o estilo de vida que levamos, com certeza, vai se refletir na nossa saúde, mais cedo ou mais tarde. E que a atividade física é fundamental nesta faixa etária, pois, além de proporcionar perda de peso, promove ganho de massa magra e fortalecimento ósseo, prevenindo problemas futuros como sarcopenia e osteoporose. Além desses benefícios, a atividade física libera substâncias no organismo que promovem sensação de bem-estar, controlando, pelo menos parcialmente, a busca por alimentos ricos em açúcares. Outras formas de terapia também são válidas, como teatro, pintura, dança, ioga, ou qualquer atividade que faça o corpo relaxar. Finaliza.

Sobre Flávia Cunha
Formada pela Universidade Federal do Pará – UFPA (2007). Residência em Clínica Médica pelo Hospital Municipal Prof. Dr. Alípio Correa Netto – São Paulo (2010). Residência em Endocrinologia pela Casa de Saúde Santa Marcelina – São Paulo (2012). Título de Especialista em Endocrinologia e Metabologia pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) (2012). Doutorado em andamento pela Disciplina de Endocrinologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP. Membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – SBEM.
dra.flaviacunha (Instagram)
@draflaviacunha (fanpage)
www.covida.com.br

2 comentários em “Cheguei aos 30! Como Emagrecer com Estilo e Saúde?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *