Pesquisa do FemiTaxi revela que 47,9% das motoristas do app já sofreram assédio no trabalho

Levantamento do app de transporte exclusivo para motoristas e passageiras mulheres ouviu mais de 200 profissionais de seis cidades

Que mulher nunca se sentiu insegura ao pegar um táxi com um motorista homem? E suou frio quando o veículo saiu da rota prevista? Quem nunca recebeu olhares invasivos pelo retrovisor ou sentiu que o motorista estava fazendo perguntas demais?

Pois é, o assédio no transporte é mais comum do que se pode imaginar, mas não são apenas as passageiras que passam por situações desagradáveis no transporte privado: uma pesquisa realizada pelo FemiTaxi – app de transporte exclusivo para motoristas e passageiras mulheres – identificou que 47,9% das motoristas já sofreram algum tipo de assédio no trabalho, que vão desde convites para sair até ofensas e ameaças.

A pesquisa revela ainda que 75,1% das motoristas se sentem inseguras ao transportar um passageiro do sexo masculino durante a noite e 68,6% já recusaram corridas de homens por medo ou desconfiança.

Não surpreende que 93,5% das profissionais avaliem o FemiTaxi como uma forma mais segura de trabalhar, visto que apps com atendimento exclusivo para mulheres visam trazer conforto e segurança, tanto para as usuárias como para as taxistas. Além disso, 54,5% das entrevistadas preferem trabalhar somente com passageiras mulheres, ao passo que 45,5% dizem não ter preferência.

*A pesquisa foi realizada com mais de 200 motoristas do FemiTaxi em seis cidades – São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Santos e Goiânia.

Sobre o FemiTaxi
Criado em dezembro de 2016, o FemiTaxi é um aplicativo que conecta as taxistas mulheres à clientela feminina, garantindo qualidade e cordialidade no atendimento. Disponível nos sistemas iOS e Android, a plataforma dispõe também de funcionalidade que permite o transporte de crianças desacompanhadas. Atualmente, o app conta com mais de 20 mil usuárias e 500 profissionais nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas e Santos. A ideia é expandir o aplicativo para as principais capitais do país ao longo de 2017. Mais informações: http://www.femitaxi.com.br/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *