Empreendedorismo: Jovem de 14 anos abre seu primeiro Salão de Beleza

Aluna dos cursos de cabeleireiro e maquiagem profissional do Instituto Embelleze dá os primeiros passos na profissão

unnamed (5)Obstinada, talentosa, visionária. Estas, certamente, são algumas das principais características da carioca, Tamara Vitória Cantarino Coelho, de 14 anos. Apaixonada pela área de beleza, matriculou-se nos cursos de Cabeleireiro Profissional Academy Hair e de Maquiagem Profissional no Instituto Embelleze, unidade Santa Cruz, que começaram em agosto de 2017 e terminarão em abril de 2019. “Cheguei ao Instituto por meio do meu irmão, que foi aluno do curso de Barbeiro Academy Hair. Sempre sonhei em fazer esses cursos e para minha sorte posso fazê-los, mesmo tendo pouca idade.”

O fato de ser tão nova realmente é um atrativo; porém, o que torna a história ainda mais interessante é que no dia 29 de dezembro ela montou seu próprio salão, localizado no bairro de Sepetiba, na capital carioca, onde trabalha sozinha e com hora marcada, já que além de frequentar as aulas Instituto Embelleze, é aluna do 9º ano no período da manhã. “Assim que recebi o Kit Empreendedor e amparada pela escola que realmente nos instiga a acreditar no nosso potencial e nos prepara para isso, me senti segura em alçar voo”, explica Tamara.

Empreendedora Nata

unnamed (2)Um dos diferenciais do curso de Cabeleireiro Profissional Academy Hair, que tem duração de aproximadamente 14 meses, é que além de capacitar o estudante a realizar técnicas de cortes, coloração, tratamentos capilares, modelagem e transformação, como alisamento e encacheamento, ele oferece o Kit Empreendedor da Salon Embelleze, composto por produtos da linha profissional da rede, que permite ao aluno realizar trabalhos de hidratação, reconstrução e cauterização. O aluno recebe no segundo mês de curso e consegue começar a ganhar dinheiro. E é justamente isso que Tamara esta fazendo. “Ainda tenho poucos clientes, mas já consigo ganhar o meu dinheiro fazendo pequenos serviços”, revela a adolescente, que investe o dinheiro no próprio curso. “Meu namorado é quem pagava o curso integralmente, mas ele ficou desempregado, então o ajudo.”unnamed (6)

Maturidade

A família, claro, a incentiva a continuar na carreira, mas sem abdicar dos estudos. Aliás, o irmão, de 17 anos, também trabalha como barbeiro em um salão com um amigo. “Pretendo me especializar ainda mais na área de beleza, pois quero ser bem-sucedida no que faço. E como diz o ditado: o verdadeiro sucesso exige sacrifícios”, finaliza Tamara, ao ressaltar que sabe muito bem onde quer chegar. E alguém duvida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *